quarta-feira, 16 de julho de 2008

Fósseis


Os fósseis são restos ou vestígios de seres vivos (animais ou vegetais) que foram preservados até a atualidade por milhares ou até milhões de anos. Esta conservação do fóssil ocorre graças aos fenômenos da natureza (gelo, argila. aridez do solo). Esta conservação acontece de forma natural.
Exemplo de formação de um fóssil: um peixe que morreu há três milhões de anos atrás, pode ter sido preservado pelo processo de petrificação (em pedra, argila ou rocha) até a atualidade. Ao escavar um sítio arqueológico, o arqueólogo descobre este fóssil que será muito importante para o estudo de um período do planeta.
Além da conservação em rochas e pedras, os seres vivos podem ser transformados em fósseis pelo processo de congelamento ou conservação em âmbar (resina fóssil de origem vegetal). Neste último caso é comum encontrarmos fósseis de insetos. Os ossos humanos e de animais, que viveram há muitos anos atrás, também são considerados fósseis.
Na maioria das vezes, a matéria orgânica do fóssil, principalmente dos preservados em pedras e rochas, não existem mais. Fica apenas o formato do animal ou vegetal. Quando há vestígios de matéria orgânica é possivel fazer a datação através do processo do Carbono 14.

Um comentário:

Juari disse...

Acho importantissímo este estudo da vida dos seres existentes em um passado longincúo, feito por meio da fóssificação. Acredito que com os avanços nestas pesquisas, saberemos mais e mais sobre a vida á tempos atraz, feito que poderá nos trazer respostas para muitas perguntas que se encontram em aberto.

Aluno: Juari (3º ano - M 13)
Col. Est. Polivalente San Diego.